“Não apelo à desistência de ninguém”, garante Sampaio da Nóvoa

“Não apelo à desistência de ninguém. Julgo que seria um gesto contrário à minha atitude democrática”, diz Sampaio da Nóvoa, garantindo que não colocaria esse cenário em “nenhuma circunstância”. Saiba mais: http://www.tsf.pt/eleicoes/presidenciais-2016/interior/nao-apelo-a-desistencia-de-ninguem-garante-sampaio-da-novoa-4983360.html

Sampaio da Nóvoa diz que convergência à segunda volta é “essencial” para vencer

O candidato presidencial quer, à segunda volta, reunir “toda a gente” e, por isso, promete não “prejudicar” futuros apoios. O antigo reitor elege Marcelo Rebelo de Sousa e a abstenção como os principais adversários que quer combater através de “causas e princípios”. Saiba mais em: http://www.tsf.pt/eleicoes/presidenciais-2016/interior/sampaio-da-novoa-diz-que-convergencia-a-segunda-volta-e-essencial-para-vencer-4973991.html  

Incêndio no Museu de Língua Portuguesa (SP-BR): Comunicado de Sampaio da Nóvoa

Comunicado de Sampaio da Nóvoa: “O Museu da Língua Portuguesa é um lugar único. Ali se têm realizado iniciativas extraordinárias que valorizam a nossa língua e revelam bem a sua importância no mundo. O incêndio que teve lugar no edifício da Estação da Luz é uma tragédia. Felizmente, como se trata de um Museu organizado … More Incêndio no Museu de Língua Portuguesa (SP-BR): Comunicado de Sampaio da Nóvoa

Sampaio da Nóvoa: «Não posso deixar de manifestar desde já toda a solidariedade e pesar à França»

«O terrorismo atingiu Paris esta noite. Enquanto aguardamos mais informações sobre o sucedido, não posso deixar de manifestar a minha consternação e de transmitir desde já toda a solidariedade e pesar à França e aos nossos concidadãos europeus face a mais um atentado à liberdade e aos valores universais que todos partilhamos.» In: http://www.sampaiodanovoa.pt/2015/11/13/atentados-em-paris/

Sampaio da Nóvoa: «A votação de ontem evidencia a maturidade e a vitalidade da nossa democracia»

«(…) Em momentos de transição e de mudança, o Presidente da República tem de ser um factor de união entre todos os portugueses, tem de ser capaz de juntar e não de fracturar, tem de ser um elemento de estabilidade e de confiança. Tempos diferentes, como aqueles que vivemos, exigem um Presidente capaz de fazer … More Sampaio da Nóvoa: «A votação de ontem evidencia a maturidade e a vitalidade da nossa democracia»