FCSH-UNL: As análises dos discursos de Sampaio da Nóvoa

pulpito«(…) Para o crítico e jornalista António Guerreiro, Sampaio da Nóvoa faz um “uso pleno da palavra”. Numa época em que na política tem havido “uma expropriação violenta da palavra”, o antigo reitor surge como alguém que pode devolver essa “possibilidade” ao discurso político, dando “uma outra espessura às palavras”.

Este tipo de discurso tem, porém – alertou Guerreiro – “perigos e resistências”. É, por vezes, considerado como “demasiado vago, lírico”, correspondendo a “uma retórica mais ou menos vazia”. Há um confronto “nítido” entre duas concepções acerca do que deve ser o discurso político: a esfera da acção e do fazer (a dimensão pragmática da linguagem) e, por outro lado, o efeito performativo das palavras (aquilo que as palavras podem provocar). E o discurso que valoriza a densidade da palavra tem, por vezes, “má reputação”, lamentou António Guerreiro. (…)»

Para ler mais: http://www.publico.pt/politica/noticia/sampaio-da-novoa-devolveu-a-palavra-a-politica-ou-tem-discurso-vazio-1701931?frm=ult

Fotografia de: Página Oficial – Facebook


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s